Pensações

Pensações

segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Todas as dores do mundo

Informo, a mandado do Rei Planeta, sob a égide da mãe das águas e do pai das florestas, que a partir de 1º de janeiro de 2009 não haverá mais nenhuma dor no mundo:

Todos os filhos da raça humana terão a mesma sorte ao nascer e escolherão seus caminhos ao seu bel prazer.
Todos os jogos de influência, onde uns saem ganhando e outros perdendo, estão estirpados da face da Terra.
A comida será igual para todos.
As crianças, antes de aprenderem a ler e escrever, aprenderão a pintar, costurar, cantar, tocar instrumentos e meditar.
As mulheres poderão trabalhar com longas saias soltas ao vento e os homens de bermudas e chinelos.
Nos engarrafamentos, faremos um grande coral onde todos cantarão uma música bem alegre, até o trânsito fluir e nossas gargantas soltarem deliciosas risadas.
Os homens amarão suas mulheres e elas amarão seus homens, com o amor mais sincero e verdadeiro que se possa ter.
Os filhos serão felizes, e os pais os educarão com toda responsabilidade e aptidão.
O ciúme, a raiva, a mágoa e o ódio serão queimados juntos aos fogos de Copacabana.
E de branco ou de cor, com dinheiro ou sem ele, sozinho ou acompanhado, em casa ou no mar, todos estarão guarnecidos pela luz enigmática do amor.
E então, as dores do mundo existirão apenas nos jornais...nas histórias, estórias, mas em nenhum coração.

3 comentários:

brancasnuvens disse...

jura?
lindoooooo

Zarinha disse...

Bravo, Polly! Bravo!!!

O Senhor Rei Planeta poderia logo, logo "decretar" ao invéz de informar, o que acha? rsrs

"Todos guarnecidos pela luz enigmática do amor..." Amei!

Beijos, querida!

Pollyane Schenato disse...

Acho ótimo, Za!!!!
Saudade.....