Pensações

Pensações

sexta-feira, 20 de julho de 2007

Tomando no cu

A sujeira, por mais que escondida debaixo do chinelo, sempre sai pelos cantos. Não adianta. Não tem controle. A maior prova disso são as respostas de nossos digníssinos homens e mulheres do poder aos acontecimentos pelos quais passa nosso Brasil brasileiro. A ministra manda o povo do país tropical "relaxar e gozar" (talvez, nada mais apropiado para uma roda de homens num buteco) diante do apagão aéreo.
Agora, após uma tragédia com 200 mortos, o assessor especial de Lula para assuntos internacionais, Marco Aurélio Garcia, recebe a notícia de que o avião da Tam tinha problemas e acha isso uma maravilha!!! Liberta-se de um peso (como se 200 mortes não fosse um grande peso) com um gesto de vai tomar no cu! A quem ele estava mandando tomar no cu? À imprensa que cobra do governo uma atitude (Lula ainda não se manifestou, deve estar envergonhado depois das vaias do Pan), às famílias das vítimas que declararam que o Estado deveria ter tomado uma providência há dez meses atrás? Ou quem literalmente já tomou no cu e se encontra, neste instante, carbonizado?
Ao lado de Garcia, o assessor de imprensa do Planalto, Bruno Gaspar, também não se conteve. Mandou o povo tomar no cu em versão "coreografia de carnaval fora de época". Com um gesto de uma bela enganchada (será que essa palavra existe? no Brasil deve existir....) ele reforçou a grande preocupação do poder: se defender.
Pelo visto não importam as vítimas, suas famílias, a imagem de um país, a irresponsabilidade de quem o governa. O que importa é se defender. Cada um tira o seu (cu) da reta. Mas, para tirar o seu da reta, tem que colocar o dos outros, e esses outros são os nossos, caro leitor!
O relaxar e gozar da Marta, pelo visto, foi só as preliminares, estamos agora no ato em si. Só que por via anal.

4 comentários:

rodrilima disse...

De boa, entendo que isso tudo é só a ponta do iceberg... o pior está por vir (e entrar)! Preparem as vaselinas, vamos precisar.

abiliorq disse...

como já disse renato russo, 20 anos atrás: "que país é esse?"

eu fico sem palavras... já passei do estado de indignação...

Rute disse...

Dizem que o povo tem o governo que merece. Juro que não me encaxo nesse povo, pois é de dar nojo vê este tipo de cena. O governo que merecemos, decididamente não é esse.

Agridoce disse...

Nossa... bela crítica!
Adorei o que lí... do começo ao final... e ressalto... estamos todos nós, brasileiros, tomando no cu sem lubrificante! E o pior é que parece que a enrrabada nacional fez sucesso até no exterior... puts... lembrando Jabor, é a pornopolítica brasileira. Agora, literalmente...
"- Um KY, por favor!"