Pensações

Pensações

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Descobri ontem à noite

Só ontem à noite descobri o porquê eu não tinha nada a dizer (postagem anterior). Era porque a Lua estava in-des-cen-te!(eu ainda não sabia, mas sempre sinto). Ela calou a boca de todos que têm um mínimo de bom senso e sensibilidade.

Só a vi lá no parque. Ela estava tão generosa! Despida, ela não se incomodava em ser observada. Abusada, exibida...mas ontem ela podia. Ela era a beleza querendo ser bela.

Passei três horas a observando e queria mais. Hoje vou ver de novo, não sei se vai estar esnobe como ontem, mas só de estar, já me satisfaz.

A primeira Lua cheia desse verão!!!!

4 comentários:

Bruno Granato disse...

Muito bom...simples assim

Carla Barros disse...

Suspeitei "indeusde" o princípio que esse seu encanto se deu em uma segunda-feira enluarada. Puta merda!!! Que lua era aquela?! Eu parei nela ta. Sou muito fã da Lua, fiquei alucinada com aquele tantão. Era de se emocionar. Texto muito massa.

Anônimo disse...

marcelo v magalhaes[péu]

Oi polly adoro ler o que escreve

vem da alma. É TANTO,TANTO SE AO MENOS VC SOUBESE.
UM ABRAÇO E MUITA LUZ

Pollyane Schenato disse...

Nossa, Péu!!!

Me matou de saudades....putz!!!

Passa seu celular...perdi.