Pensações

Pensações

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Solidão

Solidão é saudade sabe-se lá do quê
É barriga cheia e sensação de falta de ter o que comer
É criança olhando o brinquedo quebrado com vontade de brincar
É ter quatro casas e não ter onde morar
É medo de não ter forças para terminar

Solidão é mascar chiclete depois do gosto terminar
É céu de uma única estrela polar
É gotas de chuva na janela fechada e o jardim a te esperar
É usar conta-gotas e errar a medida
É barraco vazio e gente sem ter onde morar


Solidão é não ter o abraço.
Saudade é o abraço que está longe.

3 comentários:

Rute disse...

Amei!!!!!!!!!!!!!!!!!
Meu Deus que vc nunca perca esta inspiração, que linduuuuuu.....
Solidão não é ter o abraço,
Saudade é o abraço que está longe...
Muito inspirador.......
Amo!!!!!!

alhures disse...

eu vô ai te entupir de bejinhos e abraços minha flor mais preciosa!
vc sempre com belos textos.

te amo amiga!

paloma disse...

irma.... me da uma coisa no coracao vendo esses poemas... dia 29 to ai... ta pertinho.. saudade d++... ando tentandu falar com vc mas n consigo.... e to precisando falar, tenho que saber como vo do areoporto ate em casa... de noticias te amuuuuuuuuuuuuuuuuuu